Vacinas de Codajás podem ser encaminhadas para outros municípios

Municípios do AM com baixa adesão vacinal contra a Covid-19 podem perder imunizantes

Cidades do Amazonas com baixa adesão da população no processo de imunização contra a Covid-19 podem perder vacinas. É o caso do município de Codajás.

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) discute a possibilidade de municípios que possuem um bom estoque de imunizantes e que tenham pouca adesão populacional às ações de vacinação fizessem um remanejamento de doses para municípios vizinhos que estivessem com baixo estoque e com dificuldades de alcançar a população por causa da baixa quantidade de doses.

O município de Codajás é um dos que tiveram baixa adesão populacional. Segundo a pasta, a população cobrou para aumentar a abrangência das faixas etárias, mas quando realizado, o número de vacinados não foi como o esperado.

Mutirão ‘Vacina Amazonas’ foi realizado em múltiplos municípios do estado

Os números de casos em isolamento domiciliar e o não comparecimento da população aos postos de vacinação preocupam a Secretaria de Saúde do município Codajás, no interior do Amazonas.

De acordo com levantamento populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Codajás tem uma população de 28.168 pessoas e até o momento, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) registrou a aplicação de apenas 8.669 doses, contabilizando 6.554 de primeiras doses e 2.081 de segundas doses.

A Prefeitura de Codajás, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, organiza e traça planos para dar continuidade e aumento dos números de vacinados. Os mutirões de vacinação estão sendo realizados no município, mas a população deve ir às salas para se imunizar.

A Secretaria de Saúde reforça que se as doses forem perdidas, a o processo de imunização irá ser retardado e poderá será necessário voltar à idades anteriores.

No dia 5 de julho, o município recebeu o mutirão ‘Vacina Amazonas’ que aplicou um total 655 doses do imunizante contra a covid-19.

Da redação
Foto: Divulgação/Internet

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email