Siga nossas redes sociais

Cimento continua mais caro em Manaus ainda em decorrência da seca

por Clara Toledo Serafini

O cimento tem aumentado de forma absurda nos últimos meses, tendo em vista a questão de severa estiagem que atinge o Estado.

Após fiscalização na fábrica de cimento e revendedoras, o Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon/AM) informa que durante a inspeção, constatou-se que a fábrica está com dificuldades no fornecimento devido à escassez de insumos – o que resultou em uma oferta reduzida para os revendedores.

A escassez impacta diretamente os preços do cimento no comércio local, resultando em um aumento significativo.

Os revendedores, ao adquirirem quantidades limitadas, têm repassado os custos às lojas, gerando um aumento sequencial nos preços ao longo da cadeia de distribuição.

O Procon informou ainda que vai acompanhar a situação e, caso necessário, vai adotar medidas para resolver a questão, garantindo um mercado equilibrado e acessível aos consumidores.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress