Fake News | FVS-AM e Careiro da Várzea negam dois casos da variante Delta no município

Fake News | FVS-AM e Careiro da Várzea negam dois casos da variante Delta no município

Fake News | FVS-AM e Careiro da Várzea negam dois casos da variante Delta no município
Fake News | FVS-AM e Careiro da Várzea negam dois casos da variante Delta no município

A Secretaria de Saúde do Careiro da Várzea nega ter confirmado dois casos da variante Delta do coronavírus no município. O secretário municipal de saúde, Herlon Santos disse que não foi divulgada pela prefeitura uma nota que circula em redes sociais e grupos de Whatsapp agora pela manhã que diz que a cidade registrou esses dois casos da variante Delta. A Bandnews Difusora entrou em contato com a Fundação de Vigilância em Saúde que classificou a informação como “fake news”.

Após a confirmação de seis casos de Covid-19 pela variante delta no Amazonas, mensagens falsas são divulgadas na internet confirmando mais dois casos no município de Careiro da Varzea.

A nota diz que a informação é da Secretaria Municipal de Saúde do município, e dá detalhes dos pacientes: um homem de 39 anos e uma mulher de 53 anos, que apresentaram febre, dores pelo corpo, tosse, ambos sem registros de comorbidades e ambos estão imunizados. No relato, consta que eles tomaram a Oxford AstraZeneca.

A equipe de reportagem entrou em contato com o Secretário de Saúde de Careiro da Várzea, Herlon Santos, que negou a informação. Segundo ele, não há nenhum caso da doença confirmado no município.

Pelas características da nota, afirmando que os pacientes receberam parentes e amigos de outras regiões, vindo pela BR-319, que passa pelo município de Careiro Castanho, a equipe entrou em contato com a secretária de saúde da cidade, Aldineia Silveira, que confirmou que se trata de uma informação falsa.

Confira a nota falsa que circula nas redes sociais:

“Careiro da Várzea confirma dois casos da variante Delta do covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde do Careiro da Várzea divulgou nesta quinta-feira (19/08) que já foram confirmados dois primeiros casos de coronavírus variante Delta (B.1.617), de origem indiana. Os dois pacientes, um homem de 39 anos e uma mulher de 53 anos, apresentam febre, dores pelo corpo, tosse, ambos sem registros de comorbidades e ambos estão imunizados, a pasta informou que eles tomaram a Oxford AstraZeneca.  

Ainda conforme a secretaria, nenhum dos dois realizaram viagem para fora do estado, no entanto, ambos receberam parentes e/ou amigos de outras regiões, uma vez que a BR-319 nessa época do ano fica transitável.

Até o momento nenhum alerta foi emitido pelas autoridades locais sobre o fechamento de escolas e órgãos públicos. As escolas estão em pleno funcionamento assim como o comércio entre outros estabelecimentos comerciais. “

Da redação
Foto: Reprodução