Campanha Dezembro Vermelho começa em alusão à prevenção ao HIV/Aids

Campanha Dezembro Vermelho começa em alusão à prevenção ao HIV/Aids

A campanha Dezembro Vermelho começou em Manaus, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a Aids. De 2010 a 2020 foram notificados no estado do Amazonas, 9.879 casos de infecção pelo HIV, sendo 75,4% do sexo masculino e 24,6% do sexo feminino. Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, SINAN.

A campanha Dezembro Vermelho começa em Manaus, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a Aids.  De 2010 a 2020 foram notificados no estado do Amazonas, 9.879 casos de infecção pelo HIV, sendo 75,4% do sexo masculino e 24,6% do sexo feminino.
A campanha Dezembro Vermelho incentiva a prevenção e combate ao HIV. (Foto: Marcio James/Prefeitura de Manaus)

A maioria dos casos encontra-se nas faixas etárias de 20 a 34 anos. Mesmo com as conquistas por meio de medicamentos, ainda não existe uma vacina com eficácia comprovada para a proteção da população ou a descoberta da cura para os infectados.

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é a doença no estágio mais avançado da infecção causada pelo vírus do HIV, vírus da Imunodeficiência Humana, em português, que ataca o sistema imunológico agindo nas células de defesa do corpo. O autônomo Lucas Almeida conta que convive com a doença e tenta levar uma vida normal. (Ouça)

O HIV é transmitido em relações sexuais, transfusão de sangue contaminado, compartilhamento de seringas, agulhas ou objetos infectados, e na transmissão vertical, da mãe para o bebê durante o parto ou amamentação. O gerente de IST/AIDS da Fundação de Medicina Tropical, FMT, Reinan Brotas, explica sobre a infecção e o tratamento. (Ouça)

O Ministério da Saúde estima que, no Brasil, 920 mil pessoas vivem com HIV/AIDS, enquanto em média 160 mil pessoas vivem com o vírus causador da doença e não sabem.

O número mostra a importância das ações que buscam informar sintomas, perigos e formas de prevenção contra o problema clínico.

Reportagem: Gabrielle Moura