AO VIVO

Associação de Bicicletas pretende atuar contra ZFM em ação que questiona redução do IPI no STF

Associação de Bicicletas pretende atuar contra ZFM em ação que questiona redução do IPI no STF

A Associação Brasileira do Setor de Bicicletas, Aliança Bike, pretende atuar no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a Zona Franca de Manaus. A associação ingressou com um pedido de ámicus cúri, ou amigo da Corte, na Ação Direta de Inconstitucionalidade 7.153 que questiona os decretos que reduziram em 35% o IPI em todo o país e o imposto sobre os concentrados de refrigerantes afetando a competitividade da Zona Franca de Manaus.

A Associação representa 180 empresas da indústria de biclicletas, localizadas em 18 Estados, e alega interesse em contribuir com informações técnicas que comprovam a necessidade de reduzir o IPI para o setor de bicicletas em todo o país.

Um dos argumentos apresentados pela entidade é de que a Zona Franca de Manaus concentra somente 20% da produção de bicicletas convencionais e 25% da produção de bicicletas elétricas, em âmbito nacional. E que 80% da produção de bicicletas estão espalhadas pelo resto do território nacional.

A Associação afirma ainda o Brasil produz, em média, mais de 4 milhões de bicicletas por ano e deste montante, a Zona Franca de Manaus é responsável por 22% de toda produção nacional de bicicletas (ou 919 mil unidades).

Da redação

Últimas Notícias