AO VIVO

Após redução da alíquota do ICMS, gasolina fica até 4,29% mais barata em alguns postos de Manaus

Após redução da alíquota do ICMS, gasolina fica até 4,29% mais barata em alguns postos de Manaus
Reportagem: Cindy Lopes

O preço da gasolina tem queda de pelo menos 4,29% em postos de combustíveis de Manaus, chegando a R$ 6,69 em alguns estabelecimentos. A redução foi constatada durante ação da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC/Aleam) e do Procon do Estado.

(Foto: Reprodução/Arquivo/ABr)

Os preços em queda ocorrem após a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços que passou de 25% para 18% no Amazonas. O anúncio foi feito nesta semana pelo Governo do Estado e segue definição do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

O Conselho alterou as regras de cobrança do ICMS após o STF determinar que as alíquotas do Imposto cobradas sobre todos os combustíveis sejam iguais em todo o país.

O consultor comercial, Samuel Willians, não perdeu tempo e já abasteceu o tanque para a semana, economizando cerca de 20%. (Ouça)

O intérprete de libras, Diego Barboza, também pagou R$ 6,69 no litro da gasolina, o problema foi que o carro não funcionou como deveria e ele desconfia que o combustível tenha sido adulterado. (Ouça)

O economista e colunista da BandNews Difusora, Marcus Evangelista, avalia que, considerando o cenário mundial, o preço da gasolina pode não ser mantido mesmo com a redução do ICMS. (Ouça)

Segundo o Procon Amazonas, distribuidoras da cidade aderiram a alíquota de 18% e algumas já compraram o produto mais barato, por isso, desde terça-feira (06), o órgão fiscaliza se os postos estão repassando o desconto para o consumidor final, como fala o diretor-presidente do Procon, Jalil Fraxe. (Ouça)

Durante o primeiro dia de fiscalização, o Procon autuou quatro postos de gasolina no bairro Tarumã, zona oeste da capital. Os empresários têm dois dias para encaminhar ao órgão notas fiscais de compra e venda da gasolina comum e também referente ao mês de junho

Além do combustível, o governo do estado também anunciou a redução da alíquota sobre comunicações, gás natural e energia elétrica para 18%.

Últimas Notícias