AO VIVO

Apesar de denúncias, carros abandonados nas ruas de Manaus continuam a gerar transtornos

Reportagem: Cindy Lopes

Sem serventia, eles são abandonados nas ruas e calçadas e acabam virando criadouro de mosquito, lixeira, obstáculo para fluxo do trânsito e até esconderijo de criminosos. Estamos falando de carros sucateados, problema comum em Manaus e que gera transtorno para moradores.

O autônomo Francisco Lima relata que onde ele trabalha, no bairro Japiim, zona sul, a sucata de um veículo foi abandonada há mais de um ano e até hoje continua lá atrapalhando a passagem das pessoas. (Ouça)

No bairro São Francisco, também na zona sul, o mesmo problema é relatado pela moradora que não será identificada. (Ouça)

Segundo dados do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), no primeiro semestre deste ano, cerca de 50 veículos sucateados foram removidos das vias públicas da cidade. Os bairros com maior incidência são, principalmente, os das zonas oeste e centro oeste da capital.

O diretor de operações do órgão, Stanley Ventilari, afirma que esses veículos abandonados trazem riscos para a população. (Ouça)

Para quem precisa denunciar, o trabalho de remoção é realizado em etapas. Primeiro, é feito o mapeamento com a localização dos carros abandonados. Depois, os agentes tentam localizar o proprietário do veículo e dão um prazo para que a sucata seja retirada da via. Dias depois, voltam aos endereços e guincham os carros, caso não tenham sido retirados.

Todos os veículos removidos são levados ao parqueamento terceirizado da Prefeitura de Manaus. O proprietário interessado em reaver o veículo deverá pagar pendências com impostos e multas, além das despesas com a remoção.

Últimas Notícias