Siga nossas redes sociais

”Amazonês”: entenda origem e como jeito de falar é importante para identidade dos amazonenses

por carlao

Reportagem: Liandre Coltinho. 

Seja pelo clássico chiado ou por expressões curiosas, como “pega o beco” e “vai cair um toró”, o tal do “amazonês” é um marco do povo do Amazonas.

Esse jeito de falar é prova da diversidade linguística do Brasil.

Mas por que essas diferenças incomodam tanto algumas pessoas?

O doutor em Linguística e autor do dicionário Amazonês, professor Sérgio Freire, esclarece a situação.(ouça)

A língua é um conjunto de símbolos linguísticos que servem para o uso em contextos comunicativos.

Ou seja, ela vai além da gramática e abrange propriedades cognitivas, discursivas e simbólicas.

E a língua também não é neutra, mas sim um fenômeno em constante transformação, que está relacionado a processos sociais, históricos e políticos, como explica o mestre e doutor em educação, professor Robert Rosas.(ouça)

É interessante notar como a língua de um povo tem tudo a ver com a identidade dele.

Mas afinal, qual a origem do nosso “amazonês”?

O professor Sérgio Freire tem a resposta.(ouça)

Em entrevista à BandNews Difusora, o professor de português Alessandro Gomes ressaltou que não faz sentido se sentir envergonhado pelo jeito de falar.(ouça)

Independentemente do preconceito, as variedades linguísticas são preciosas e precisam ser preservadas.

Afinal, normal é a diversidade.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress