Siga nossas redes sociais

Amazonense Raiz Campos exibe arte indígena nos EUA

por Clara Toledo Serafini

 

Reportagem: Eros de Sousa

O grafista amazonense Raiz Campos está nos Estados Unidos, onde participa de uma exposição, com sete obras suas feitas em esteiras indígenas.

As obras estão expostas no festival RiverRun, que acontece no Centro John Kennedy de Artes Cênicas, em Washington, capital dos Estados Unidos, desde a semana passada.

O artista afirmou que a exposição além de ser uma oportunidade para ele, também é uma forma de exportar a cultura do Amazonas. (Ouça)

A exposição conta com 7 obras do artista, que representam a cultura do Amazonas, entre elas uma com um pirarucu, que representa os rios do Amazonas e foi feita exclusivamente para o evento.

As artes também levam rostos com expressões indígenas e outras espécies da Amazônia, como a onça-pintada.

As esteiras em que Raiz produz os grafites foram fabricadas por indígenas da etnia Baré e Werekena, e também pela Associação de Artesãos de Novo Airão.

Raiz usa um spray para produzir as obras nas esteiras.

O convite para a exposição no país norte-americano veio de uma das diretoras do centro John Kennedy, que que esteve em Manaus em 2019 e visitou a primeira exposição do artista, chamada “Raiz”, na galeria do Largo, no Centro de Manaus.

Raiz Campos ressalta que os trabalhos dele buscam conscientizar sobre as mudanças climáticas que tem afetado diretamente aos povos indígenas e ribeirinhos. (Ouça)

Ainda como parte da programação do festival, nos próximos dias, Raiz vai pintar dois murais do lado de fora do Centro John Kennedy, onde as obras são exibidas.

A exposição do artista amazonense vai até o dia 17 desse mês.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress