Amazonas Energia é multada em R$ 400 mil por falhas em medidores

A concessionária Amazonas Energia foi multada pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem) em R$ 400 mil devido falhas encontradas em 36 medidores. A concessionária tem um prazo de dez dias para apresentar a defesa.

De janeiro até dia 21 de março, o Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas fiscalizou pouco mais de 2 mil medidores convencionais. Desses, 36 foram reprovados, sendo um aparelho proveniente do município de Tefé e outro de Presidente Figueiredo. As análises foram solicitadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia.

O Ipem afirma que recebe, diariamente, cerca de 70 denúncias de consumidores, por meio da ouvidoria da instituição e pela CPI Itinerante, realizada pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Segundo a concessionária de energia, existem mais de 950 mil medidores convencionais instalados em residências.

A BandNews Difusora FM entrou em contato com a empresa Amazonas Energia e aguarda resposta.

*A nota foi atualizada às 15h47 para esclarecer no título que as falhas foram encontradas nos medidores tradicionais.

Da redação