Amazonas registra a maior produção de castanha da Amazônia e a segunda maior de açaí, no país.

Extrativismo vegetal: AM registra a maior produção de castanha da Amazônia e a segunda maior de açaí do país

Cerca de 35,3% da produção nacional de castanha da Amazônia foi proveniente do Amazonas, com 11.707 toneladas, em 2020, somando quase R$ 35 milhões em valor de produção.

O estado tem a maior quantidade e valor de produção de castanha no país. Em segundo lugar, vem o Pará, com 8.643 toneladas produzidas e quase R$ 21 milhões em valor de produção, e o terceiro lugar do ranking é o Acre.

Já a maior produção de açaí do país é o Pará, com 149.671 toneladas, com valor de produção que ultrapassa meio milhão de reais. O Amazonas aparece como o segundo maior produtor de açaí, com quase 44 mil toneladas produzidas, e valor de produção de R$ 74,5 milhões. Os dados são do IBGE.

Manoel Monteiro é superintendente de uma cooperativa de beneficiamento e comercialização de castanha no Amazonas. Ele avalia o que tem causado o aumento na produção. (ouça)

No total, o valor da produção do extrativismo vegetal Amazonas, no ano passado, foi superior a R$284 milhões, o sexto maior do país. O maior valor produzido no país foi o do Pará com R$ 1,6 bilhões.

Em 2020, o valor total da produção obtido por meio da extração vegetal no Amazonas caiu 2,1%. Como conta Adjalma Jaques, Supervisor de Disseminação de Informações do IBGE. (ouça)

No ranking nacional, o Amazonas aparece como o quinto estado com maior valor de produção de extração vegetal. Em 10 anos, o valor de produção extrativa do estado apresentou crescimento de 33,3%.

Reportagem: Guilherme Guedes
Foto: Reprodução/Embrapa