De janeiro a setembro de 2023, o Brasil registrou 6.600 transplantes de órgãos. Desses, 22 ocorreram no Amazonas.

Só no primeiro semestre, o número de operações foi 16,2% maior do que em 2022. Os dados são do Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e foram divulgados nesta segunda-feira.

O Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo e é referência na área. Com a tendência de aumento, a expectativa é fechar o ano com um recorde de doadores efetivos.

No momento, mais de 40 mil pessoas esperam um transplante de órgão no Brasil. Dessas, duas estão no Amazonas.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *