Siga nossas redes sociais

Na COP27, AM abre mercado de carbono com potencial de captação de até U$ 2,4 bilhões

Sem a presença o governador, o Estado esteve representado na 27ª Conferência

por Clara Toledo Serafini

Na COP27, AM abre mercado de carbono com potencial de captação de até U$ 2,4 bilhões

Sem a presença o governador, o Estado esteve representado na 27ª Conferência das Partes (COP 27) no Egito, onde lançou o Programa Carbono +.

Os créditos anunciados foram aprovados pelo Governo Federal, a partir de metas de redução do desmatamento que o Amazonas alcançou de 2006 a 2015. É o que destaca o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira. (Ouça)

Além do lançamento dos créditos de carbono amazonense, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), assinou um Memorando de Entendimento junto à Wildlife Conservation Society (WCS), para a avaliar a viabilidade de implementação de um modelo de investimentos baseado na precificação de serviços ambientais nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá e Amanã, como afirma Taveira. (Ouça)

A agenda do Estado segue nesta terça-feira (15). Pela manhã, o Amazonas, por meio do Consórcio da Amazônia Legal, participa do Lançamento do Programa Regional de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, como painelista em duas seções: uma sobre Linhas de ações para atuação dos nove Estados da Amazônia Legal e outra sobre soluções para o Desenvolvimento Sustentável na região.

Pela tarde o secretário da Sema participa de uma reunião com o CEO do grupo NOAH Regen, para tratar sobre possíveis parcerias para implementação de projetos voltados para economia verde e conservação de florestas no Amazonas.

A comitiva segue participando da COP 27 até a sexta-feira (18).

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress