Siga nossas redes sociais

Ageman reconhece falhas em punir Águas de Manaus por problemas no abastecimento em Manaus

por Clara Toledo Serafini

Reportagem: Tawanne Costa

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos-AGEMAN reconhece as falhas nas punições que deveriam ser prestadas à ‘Águas de Manaus‘ pela falta de fornecimento do serviço em bairros da capital.

A afirmação é do presidente da AGEMAN, Elson Andradre, o primeiro a ser ouvido pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Águas de Manaus nessa quarta-feira, 05. (Ouça)

Durante o depoimento, Elson afirmou que a AGEMAN não aplicou multas pelas falhas no serviço e que a autarquia atua com apenas quatro servidores realizando as fiscalizações em Manaus.

O presidente da CPI, Diego Afonso (União Brasil), considerou as afirmações como omissão por parte da Agência Reguladora. (Ouça)

Segundo o relator da Comissão, Rodrigo Guedes (Podemos), o não cumprimento de punição à Concessionária é motivo suficiente para prejudicar a população. (Ouça)

Por unanimidade na votação, os membros da CPI solicitaram em requerimento, um estudo sobre a cobrança da Tarifa de Esgoto e quais as notificações feitas à Concessionária pela Ageman.

O presidente da Águas de Manaus, Diego Del Magro, que estava presente durante a oitiva, se comprometeu em elaborar os estudos solicitados pela Comissão. (Ouça)

Del Magro será o próximo a ser ouvido pela CPI na segunda-feira, dia 10 de abril.

Esta foi a sexta sessão realizada pela CPI da Águas de Manaus na Câmara Municipal.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress