A empresa que administra o sistema de estacionamento rotativo Zona Azul é notificada pelo Procon após um veículo ter sofrido danos enquanto estava sob responsabilidade do empreendimento.

A ação foi motivada após denúncia por meio das redes sociais de um consumidor que teve seu carro danificado enquanto utilizava o serviço administrado pela Tecnologias de Trânsito da Amazônia SPE-Ltda.

O Procon entende que a concessionária falhou em assegurar a segurança do veículo estacionado, configurando uma violação dos direitos do consumidor conforme estabelecido no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Após a notificação, o estacionamento rotativo deve apresentar em até 10 dias esclarecimentos dos fatos narrados na denúncia, e informar se há um procedimento aberto para apurar os fatos ocorridos e solucionar os danos sofridos pelo consumidor.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *