STF autoriza retomada do processo que investiga prefeito de Iranduba

O prefeito de Iranduba Francisco Gomes, conhecido como Chico Doido, do Democratas, tem o processo de cassação autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por desvio de 4 milhões de reais dos cofres da Previdência do município.

Os trabalhos da Comissão Processante de investigação devem ser concluídos em 90 dias, após notificação do prefeito pela Câmara.

Um relatório é submetido ao plenário de vereadores. Para a cassação, ele deve contar com nove votos, caso contrário o processo é arquivado no legislativo. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Gabrielle Moura

Foto: Reprodução/Internet

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email