Siga nossas redes sociais

Seca já causa prejuízos a embarcações de transporte de carga na região do rio Madeira

Por Tawanne Costa

A seca na região do rio Madeira já começa a causar prejuízos às embarcações que operam no transporte de cargas e insumos. Com a descida do rio, os encalhes se tornaram mais frequentes. Nas últimas semanas, os registros de colisão em bancos de areia e pedras dificultaram a travessia dos navios cargueiros.

Para o empresário, que já presidiu o Sindicato das Empresas de Navegação do Amazonas (Sindarma), Dodó Carvalho, o problema é mais uma decorrência da severa vazante dos rios do Amazonas

A situação afeta o abastecimento das cidades e dificulta a locomoção entre a capital e os municípios.

 

Além do Madeira, o Solimões também apresenta níveis abaixo da faixa da normalidade para o período.

Considerando os registros mais recentes, o Solimões entrou em recessão em Tabatinga, que aponta descidas médias diárias na ordem de 15 centímetros.

Segundo Dodó, já há preocupação com o tráfego na região. Ele estima que no próximo mês, Manaus comece a sentir os efeitos da estiagem.

 

O empresário também estima que o valor do frete será reajustado e consequentemente os produtos ficarão mais caros.

 

O transporte hidroviário é praticamente a principal alternativa na região. É pelos rios que os insumos chegam até as comunidades ribeirinhas e abastecem também o Polo Industrial de Manaus.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress