Racismo e injuria racial são crimes recorrentes, mas possuem menos denúncias oficiais, segundo instituto

Os casos de racismos e injuria racial podem ser maiores que os registrados pelas autoridades no estado.

A informação é do Instituto Nacional Afro Origem no Amazonas.

Um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde aponta que adolescentes e jovens negros têm maior chance de cometer suicídio. O risco na faixa etária de 10 a 29 anos foi 45% maior entre negros do que em brancos em 2016.

Entre janeiro a maio de 2020, foram registrados pela Secretaria de Segurança Publica (SSP-AM), apenas 7 casos de racismo no estado. Não há dados recentes sobre o tema. Ouça:

Reportagem: Beatriz Silveira
Foto: Reprodução

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email