Após homicídio de PM, três corpos doram encontrados em lixão de Tabatinga

MP-AM investiga série de homicídios após morte de PM em Tabatinga

O Ministério Público do Amazonas vai acompanhar as investigações da polícia que apuram seis homicídios em série ocorridos em Tabatinga, no interior do estado.

As mortes foram registradas após o óbito de um sargento da Polícia Militar durante uma troca de tiros com quatro suspeitos, no dia 12 de junho. Um dos infratores foi morto na ação.

De acordo com o tenente-coronel Eddie César, comandante da Polícia Militar de Tabatinga, no dia 12 de junho houve uma tentativa de roubo em um comércio no Centro do município, quando um policial militar, de folga, foi intervir, trocando tiros com quatro infratores. Durante a intervenção, o policial atingiu um dos integrantes da quadrilha, mas acabou sendo baleado também. Os dois morreram.

Após esta ocorrência, outras três diligências foram realizadas para capturar os demais suspeitos, havendo outras trocas de tiros entre as guarnições e os infratores. Três suspeitos foram atingidos, sendo posteriormente socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

No dia seguinte, 13 de junho, foram encontrados outros três corpos no lixão da cidade. Apesar disso, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) afirma que não há ligação entre os crimes relacionados a morte do sargento.

A Polícia Civil confirma que as investigações em torno dos corpos encontrados no lixão do município seguem em sigilo.

Da redação
Foto: Divulgação/Internet