Siga nossas redes sociais

PF chega a designer, empresas de publicidade e suspeitos de compartilhar fake contra prefeito

por Clara Toledo Serafini

 

Por Ricardo Chaves

A Polícia Federal ouviu nesta sexta-feira os suspeitos de envolvimento na criação de um áudio fake atribuído ao prefeito de Manaus, David Almeida, com uso de inteligência artificial.

A investigação não descarta motivação política e ainda busca identificar os mandantes do crime.

A operação intitulada de Nirmata cumpriu 9 mandados de busca e apreensão, tendo como alvos um designer, três empresas de publicidade, sócios das empresas e duas pessoas que compartilharam a “fake news”.

Entre os investigados também estão dois advogados. Em razão disso, a OAB-AM (Ordem dos Advogados do Brasil) participou da operação.

De acordo com o delegado da Polícia Federal Rafael Grummt, titular da Delegacia de Direitos Humanos e Defesa Institucional, o designer teria contrato profissional com as três empresas de publicidade da capital amazonense: (Ouça)

As informações ainda estão sendo coletadas e a operação ainda está na fase inicial.

A PF também não divulgou o nome das empresas investigadas. A BandNews Difusora FM apurou que um dos locais fica no bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus.

O delegado Rafael Grummt diz que as empresas tem relação com grupos políticos: (Ouça)

Um das pessoas que compartilhou a fakenews contra o prefeito seria um ex-servidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Da redação.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress