Lojas do Centro driblam decreto e abrem clandestinamente

Lojas de roupas e calçados, que não se enquadram entre os serviços essenciais, estão realizando atendimento presencial clandestinamente na área do comércio central de Manaus.

Na porta dos estabelecimentos é informado que as lojas estão fechadas, mas a reportagem da BandNews Difusora flagrou o funcionamento aos clientes na avenida Epaminondas e proximidades da Eduardo Ribeiro.

A prátcia desobedece o decreto governamental que pede o fechamento de serviços não essenciais. Pelo decreto estadual, a venda por ambulantes também segue suspensa. Ouça:

Reportagem: Tawanne Costa
Foto: Reprodução/Lucas Silva

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email