Reportagem: Bianca Gloria.

Os shows de Nadson Ferinha e Manu Batidão que ocorreriam durante a 19ª Festa do Cacau, em Urucurituba, são suspensos pela Justiça do Amazonas.

As apresentações custariam aos cofres públicos R$ 640 mil.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (3) e reforça que município carece de infraestrutura, medicamentos e merenda escolar.

O promotor de justiça do Ministério Público do Amazonas, Kleyson Nascimento Barroso, apresentou evidências da situação precária do município, incluindo fotos de escolas sem merenda, ruas esburacadas e a falta de medicamentos essenciais.

Kleyson argumentou que o gasto com os shows é excessivo e injustificável:(Ouça)

Em caso de descumprimento da ordem judicial, o juiz estabeleceu uma multa de R$ 500 mil. Além disso, os artistas são obrigados a devolver os valores já pagos com dinheiro público.

A decisão também autoriza o uso de força policial para garantir o cumprimento da ordem, incluindo a apreensão de equipamentos musicais, se necessário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *