A Justiça do Amazonas voltou a proibir nesta terça-feira (28) a instalação dos medidores aéreos de energia elétrica – o SMC (Sistema de Medição Centralizado) no estado.

O desembargador Lafayette Vieira Júnior, do Tribunal de Justiça do Amazonas, concedeu tutela de urgência de cunho antecipatório para suspender a instalação dos medidores aéreos de energia elétrica SMCs até o trânsito em julgado da Ação Civil Pública que trata do tema.

O desembargador atendeu a um pedido da DPE-AM, a Defensoria Pública do Amazonas. É a quarta vez que a Justiça proíbe a instalação dos equipamentos.

A BandNews Difusora FM entrou em contato com a Amazonas Energia e aguarda posicionamento sobre a decisão da Justiça.

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *