Reportagem: Cindy Lopes.

O governo do Amazonas afirma que os impactos da seca devem chegar antes do previsto e vão começar a ser sentidos em julho. A informação foi divulgada nessa quinta-feira, durante a apresentação do planejamento das ações para o enfrentamento do fenômeno.

Com a defesa Civil, houve uma desaceleração nos níveis dos rios registrada entre fevereiro e abril. Tabatinga teve uma redução de 37 cm em abril, indicando que a vazante na Amazônia peruana e brasileira se antecipou, o que afetará fortemente as bacias do médio e baixo Solimões.

Sobre as medidas, o governador Wilson Lima, disse que o governo federal assinou a publicação de editais para contratação das dragagens de trechos dos rios Amazonas e Solimões.

O chefe do Executivo, afirma que o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, pode autorizar o início das operações já na semana que vem.(Ouça)

Serão investidos R$ 505 milhões em obras para recuperar a capacidade de navegação dos rios, importante no transporte de pessoas e no escoamento de mercadorias.

O edital prevê a contratação das dragagens em quatro trechos: Manaus-Itacoatiara; Coari-Codajás; Benjamin Constant-Tabatinga; Benjamin Constant-São Paulo de Olivença.

Com relação ao acesso à água potável, a Defesa Civil diz que neste ano foi realizada a instalação de 42 estações de tratamento de água e até setembro, vão ser implantadas mais 20 estações do sistema simplificado de tratamento de água, o ‘Água Boa’.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) disse monitorar cidades para distribuição prévia de equipamentos que possam ajudar no armazenamento e tratamento da água, também com parceria do Unicef.

Sobre medicamentos, o governo afirma que municípios das calhas do Alto Solimões, Madeira, Purus e Juruá vão ter o estoque de medicamentos reforçado através da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Em relação à educação, a Secretaria de Educação diz que irá implementar “Aula em Casa” e “Merenda em Casa” para os estudantes afetados pela estiagem. A pasta também trabalha com a hipótese de recomposição de aprendizagem no ano seguinte.

PRODUÇÃO RURAL

Os produtores rurais vão ser incluídos no lançamento do Programa Estadual de Incentivo à Irrigação de Baixo Custo, da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *