Siga nossas redes sociais

Governo do AM oferece auxílio à Prefeitura de Parintins após relatório apontar contaminação na água da cidade

Por: Ricardo Chaves

Após a divulgação de relatório apontando a contaminação de poços de água em Parintins, o Governo do Amazonas diz que está à disposição de auxiliar o município no tratamento e distribuição do serviço.

O relatório foi divulgado há oito meses do Festival Folclórico de Parintins que ocorre tracionamento todo final do mês de julho.

De acordo com o governo, medidas só poderão ser tomadas após autorização da Prefeitura de Parintins. Questionada pela BandNews Difusora FM, a administração municipal da cidade não se posicionou sobre o assunto.

Ao ser questionado na semana passada, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) chegou a agradecer, por meio de nota, o governo do Amazonas “pela disposição em querer colaborar” com o compromisso do SAAE de “servir água de qualidade à população de Parintins”.

O relatório elaborado por técnicos da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Cosama diz que 22 dos 28 poços de água da cidade estão contaminados.

O laudo aponta que poços apresentam concentração altíssima de poluentes, tais como: amônia, manganês, ferro, nitrato, alumínio e até a presença de coliformes fecais.

O laudo revela também a contaminação de poços que abastecem o Bumbódromo de Parintins, a Escola Estadual São José Operário e a Unidade Básica de Saúde Dr. TODA. O laudo orienta que o sistema de tratamento e distribuição de água deva passar por uma imediata intervenção técnica.

Para o epidemiologista da Fiocruz Amazônia, Jesem Orellana, a situação pode ser ainda mais preocupante. De acordo com o pesquisador, o levantamento acende um alerta sobre o grau de contaminação do lençol freático da cidade. (Ouça)

 

Em nota enviada a BandNews Difusora FM, o SAAE, empresa responsável pelo abastecimento de Parintins, rebateu o relatório afirmando que laudo produzido difere das análises feitas por técnicos da empresa. A nota diz ainda não ser competência da Cosama fiscalizar e nem regulamentar o sistema de abastecimento de água em Parintins.

Desde 2005, o SAAE segue gradualmente a recomendação do Serviço Geológico do Brasil – SGB-CPRM de desativar os poços mais rasos e a perfuração de novos e que periodicamente realiza a desinfecção dos poços e rede de abastecimento de água.

O SAAE também diz que irá contratar Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) para novas análises e indicação geológica de novos poços. A partir dos resultados, o SAAE vai executar medidas necessárias e cabíveis.

Em dezembro, a comissão de Saneamento Básico da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), presidida pelo deputado Sinésio Campos (PT) diz que irá realizar uma audiência pública em Parintins no dia 04. O objetivo é buscar uma solução para a contaminação apontada no relatório da FVS e Cosama.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress