Governo do AM e Marinha fazem buscas por indigenista da Funai e jornalista inglês desaparecidos

Governo do AM e Marinha fazem buscas por indigenista da Funai e jornalista inglês desaparecidos

Uma equipe especializada da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas será enviada ao município de Atalaia do Norte, no interior do Estado, para dar apoio às buscas e às investigações pelo desaparecimento do indigenista Bruno Araújo Pereira, da Fundação Nacional do Índio (Funai), e do jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal britânico The Guardian. O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima.

Dom Phillips (Foto: Reprodução)

Além disso, uma força-tarefa foi montada entre policiais civis e militares locais para intensificar ações na região. As buscas são coordenadas pela Marinha, que já deslocou uma equipe da capitania fluvial da cidade de Tabatinga para o município da ocorrência.

Segundo a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari, a Univaja, Bruno Pereira e Dom Phillips desapareceram há mais de 24 horas enquanto se deslocavam de comunidades ribeirinhas para a cidade de Atalaia do Norte, na região do Vale do Javari, oeste do Amazonas. A instituição afirma que eles vinham recebendo ameaças.

A Funai divulgou que colabora com as buscas e que Bruno Pereira não estava em missão oficial. A Polícia Federal também investiga o caso. O The Guardian publicou que representantes do jornal estão em contato com a embaixada britânica no Brasil e autoridades locais.

Da redação – Nota atualizada às 15h04*