força nacional reforça apoio contra queimadas no sul do AM

Força Nacional reforça combate às queimadas no sul do AM

A Força Nacional vai fortificar o combate às queimadas e focos de incêndio em municípios da região sul do Amazonas.

Serão 50 agentes que vão integrar o efetivo da segunda fase da operação Tamoiotatá.

A autorização do envio das tropas da Força Nacional foi publicada através de Portaria, no Diário Oficial da União (DOU), dessa sexta-feira (03).

Ainda segundo o documento publicado, as tropas federais devem permanecer no estado até o dia 11 de novembro, prazo que pode ser prorrogado conforme a necessidade.

Nessa sexta-feira, um homem foi preso em flagrante fazendo queimadas ilegais em uma propriedade rural, no município de Humaitá, no interior do estado. Duas motosserras e uma espingarda calibre 12 foram apreendidas com o infrator.

De acordo com o relatório de ocorrência, as equipes policiais e de fiscais ambientais iniciaram as ações por volta de 13h e identificaram o homem responsável pela queimada. O caso aconteceu no distrito de Realidade, localizado ao longo da BR-319.

Dois autos de infração pelo crime ambiental foram aplicados pelo Ipaam, totalizando R$ 32 mil em multas. O infrator vai responder pelo crime ambiental e por porte ilegal de arma de fogo.

Operação Tamoiotata

A segunda fase da operação Tamoiotatá, iniciada em abril deste ano, tem o foco na fiscalização e no combate ao desmatamento e queimadas no sul do estado. Uma das bases de ações de comando e controle é no município de Humaitá (distante 701 quilômetros de Manaus), onde equipes ambientais e policiais atuam em conjunto, com base em imagens de satélite, para evitar queimadas.

Da redação
Foto: SSP/AM