Conselho Tutelar denuncia esquema de "aluguel de crianças" para pedir dinheiro em semáforos de Manaus

Conselho Tutelar denuncia esquema de “aluguel de crianças” para pedir dinheiro em semáforos de Manaus

Conselho Tutelar denuncia esquema de "aluguel de crianças" para pedir dinheiro em semáforos de Manaus
Conselho Tutelar denuncia esquema de “aluguel de crianças” para pedir dinheiro em semáforos de Manaus

Um dos casos foi confirmado durante uma ação na sexta-feira (3) quando foram feitas três denúncias, duas por vendedores ambulantes, que preferiram manter as identidades preservadas, por medo de represálias.

Na denúncia, um homem que fica no semáforo da rotatória do Eldorado, além de levar os próprios filhos para o sinal, ainda aluga outras crianças para a mendicância. Caso resistam, são agredidas fisicamente.

A ação faz parte da campanha “Não dê dinheiro, dê futuro!”, em pontos estratégicos da cidade, com parceria dos Conselheiros Tutelares de Manaus e da Comissão de Promoção e Defesa das Crianças, Adolescentes e Jovens da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

O objetivo da campanha é conscientizar a sociedade de que o aparente gesto de solidariedade de dar dinheiro para crianças e adolescentes, contribui para que eles sejam explorados.

De acordo com dados da Prefeitura de Manaus, até maio deste ano, foram registradas 69 denúncias de crianças nos semáforos, a maioria delas explorada ou alugadas pelos próprios pais.

Ao verificar as denúncias, as equipes de abordagem social identificaram 42 famílias, 72 crianças e 8 adolescentes em situação de exploração e mendicância.

As denúncias sobre qualquer tipo de exploração ou abuso contra crianças e adolescentes podem ser feitas ao Disque 100, aos Conselhos Tutelares ou para a Comissão da Aleam: (92) 99111-0112.

Da redação
Foto: Reprodução