Bolsonaro critica governo do AM e prefeitura de Manaus na condução da pandemia

Nesta terça-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que foi preciso intervir em Manaus. Ele voltou a defender o tratamento precoce para a doença.

Bolsonaro chegou a dizer que a prefeitura e o governo deixaram faltar oxigênio:

No fim de semana, o governo federal enviou 24,5 toneladas de cilindros de oxigênio.

Os equipamentos serão utilizados em hospitais de Manaus, no atendimento de pacientes da Covid-19.

Da redação
Foto: Reprodução

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email