O Amazonas tem recorde no número de queimadas registradas no mês de junho em 27 anos.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que, em 26 dias, o estado contabilizou 240 focos de queimadas.

O recorde anterior era de junho de 2023, com 213 registros.

O Painel de Queimadas do Inpe mostram que a maioria dos incêndios se concentra nos municípios do sul do estado, principalmente em Lábrea, Manicoré, Canutama, Novo Aripuanã e Boca do Acre.

Para combater queimadas e desmatamento nesses municípios, as forças de seguranças do Estado, em colaboração com a Polícia Federal e IBAMA tem realizado operações contínuas na região.

Em Manicoré, por exemplo, o Batalhão de Policiamento Ambiental, apreendeu equipamentos em uma área de floresta desmatada de cerca de 37 milhões de metros quadrados.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *