Reportagem: Tawanne Costa.

Vereadores adiam votação do requerimento de convocação do titular da Semulp Sabbá Reis para prestar informações sobre contrato milionário para cremação de pets.

O contrato da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulp) com a empresa responsável por remover e cremar cadáver animal pelo prazo de 12 meses está estimado em R$ 15 milhões.

O requerimento de autoria do vereador Rodrigo Guedes (Progressistas) pede a presença do secretário para explicar os custos com o serviço.

O líder do executivo Eduardo Alfaia (Avante) tentou reverter a votação. (Ouça)

Elissandro Bessa (PSB) criticou o contrato feito entre a Prefeitura de Manaus e a empresa de cremação de animais domésticos.

O político fez questionamentos sobre os gastos públicos. (Ouça)

A empresa irá prestar serviços de remoção e cremação de 7.500 animais com valor unitário de cada serviço por R$ 2.075,00.

O vereador William Alemão (Cidadania) chegou a fazer um comparativo com os custos de um funeral humano. (Ouça)

A votação do requerimento foi adiada após um pedido de vistas e deverá passar por análise dos vereadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *