Acidentes com vítimas em Manaus tem ocupa 70% de todo o estado

70% dos acidentes com vítimas que perderam a vida ocorreram em Manaus, diz Detran-AM

Com 70% dos casos, a capital amazonense lidera as ocorrências de pessoas que morreram em acidentes de trânsito de todo o estado.

O ranking de acidentes de trânsito com vítimas que perderam a vida entre janeiro a julho de 2021 contabiliza: em primeiro lugar ocorreram 48 acidentes por atropelamento, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM).

Nas últimas semanas, alguns acidentes chamaram atenção pela gravidade das ocorrências. Em um deles, duas mulheres morreram após o carro em que estavam ser esmagado por um caminhão na avenida Rodrigo Otávio.

A situação dividiu opiniões entre os motoristas.

“Nesse mesmo local do acidente, uma carreta quase me fechou da mesma forma que aconteceu no acidente”; “Acabei de vir do maior porto privatizado de Manaus, na colônia Oliveira Machado, e me deparei com carretas lotadas, andando em alta velocidade; “Esse negócio de dizer que as carretas andam rápido é mentira, eles são tão prudentes quando um pai de família, que só quer voltar para casa”, disseram motoristas.

Segundo o ranking do Detran, os acidentes por colisão entre carro e moto contabilizaram em 35 ocorrências. Já os acidentes por queda de motocicleta somam 11, ocupando a terceira colocação entre os dados.

Em relação aos acidentes com danos materiais, o entregador Erick Brayan, já sofreu pelo menos dois. Ele relembra os casos. O mês com o maior de pessoas que morreram no trânsito foi maio com 50 vítimas.

De acordo com o presidente do Detran, Rodrigo de Sá, a pasta vem realizando ações para tentar evitar novas mortes.

Os casos envolvendo mortes de trânsito já superam os do mesmo período do ano passado.

Reportagem: Tawanne Costa
Foto: