Estudo revela que o Amazonas possui 8 linhagens diferentes do coronavírus

Um estudo divulgado pela Fiocruz aponta a existência de pelo menos oito linhagens do coronavírus no Amazonas, o que sugere que o vírus está se espalhando mais rápido no estado.

A pesquisa investigou amostras sequenciadas nos municípios de Autazes, Careiro, Iranduba, Itacoatiara e mais 13 cidades, além da capital Manaus. As linhagens são as mesmas que circularam na Dinamarca, Colômbia, Reino Unido e País de Gales.

O estudo sequenciou 79 genomas do coronavírus no estado que podem ser comparados com outros que circulam em todo o país e no mundo. Os resultados podem contribuir para o desenvolvimento de vacinas e medicamentos contra o vírus. Ouça:

Reportagem: Guilherme Guedes
Foto: Reprodução/OMS

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email