Amazonas registra mais de 180 mortes de indígenas causadas pelo coronavírus

O registro de mortes entre indígenas por conta do coronavírus no Amazonas, são maiores que os divulgados pelo Ministério da Saúde, segundo a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB).

Das 588 mortes entre indígenas registradas pela APIB, 182 são no Amazonas, chegando a 30% do total divulgado nesta terça-feira (28).

Já os dados do Ministério da Saúde revelam que ocorreram 263 mortes entre indígenas em todo o país, menos da metade do números registrados pela Articulação Indígena.

O Amazonas foi o primeiro estado a ter a confirmação de indígenas contaminados e hoje concentra o maior número de mortes entre indígenas do país, segundo a entidade.

Da redação

Foto: Carlos Eduardo Ramirez/ Agência Brasil

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email