Prefeitura de Manaus vai cassar alvará de comerciantes que descumprem decreto de isolamento social

O Prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), diz que vai cassar o alvará de funcionamento de comerciantes que descumprem o decreto estadual que determina o funcionamento apenas de serviços essenciais.

O anúncio foi feito neste domingo (5) na internet e passa valer a partir desta segunda-feira (6). “A decisão é muito clara. Vamos cassar provisoriamente o alvará de comerciantes que estão insistindo em aglomerar pessoas e não estão compreendendo o mal que estão fazendo para sua própria saúde, para sua própria cidade e para seus fregueses. É preciso entender que essa não é hora para ganhar dinheiro. É hora de ganhar vidas”, disse.

O político anunciou também que está suspenso o passe estudantil e o passe livre de idosos. “Eles precisam ficar em casa”, afirmou o tucano.

Arthur disse ainda que a saúde pública entrou em colapso devido a pandemia do coronavírus e colocou a prefeitura de Manaus à disposição do governador Wilson Lima (PSC) para as ações de combate a doença.

Veja o vídeo na íntegra:

Com colapso da rede de saúde estadual, peço ao governador Wilson Lima celeridade no funcionamento do hospital da…

Posted by Arthur Virgílio Neto on Sunday, April 5, 2020

Foto: Reprodução Facebook

compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email