Arlindo Júnior também será velado em Parintins

O corpo do cantor de toadas Arlindo Júnior será levado a partir de amanhã (31) às 06h30 para o município de Parintins ( 366 km de Manaus). o corpo deve chegar no Aeroporto Júlio Belém e ficará até 11h no velório Bumbódromo de Parintins. Ao meio dia, o corpo retorna para Manaus e será encaminhado para o Cemitério São João Batista onde será sepultado às 14h.

Arlindo Júnior, morreu ontem, 29, em Manaus após longa batalha contra o câncer. O artista deixa viúva Rosilene Dourado e órfãos cinco filhos. O Pop da Selva, como é conhecido, tinha 51 anos. Ele se tratava contra a doença desde 2016.

Arlindo estava internado desde a última quinta-feira, 26, no Hospital Samel, no Centro de Manaus. De acordo com a assessoria, Arlindo Júnior morreu por volta das 22h da noite deste domingo.

Em nota, o Governo do Amazonas manifesta pesar pela morte do ex-vereador, ex-levantador de toadas e ex-apresentador do boi-bumbá Caprichoso, Arlindo Júnior, ocorrida na noite de ontem, em Manaus.

A Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, comunica que um dos mais importantes artistas da história da agremiação faleceu e diz que a voz do lindo histórico de amor ao boi Caprichoso silencia neste mundo para cantar no mundo celestial ao lado de tantas outras estrelas azuladas e decretou sete dias de luto pela morte do cantor.

Por meio de nota, a Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido diz que lamenta profundamente a morte prematura de um dos maiores personagens do Festival Folclórico de Parintins, o cantor e compositor Arlindo Júnior, o eterno Pop da Selva e diz ainda, que o Pop da Selva foi guerreiro até o final na comovente luta dele contra o câncer.

Da redação
Foto: Reprodução/Aleam

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email