Conselheiro nega cautelar e mantém concurso público do TJAM

O concurso público do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) está mantido após conselheiro negar medida que apontava supostas irregularidades no certame.

A decisão será publicada no Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Corte de Contas do Estado nesta quinta-feira (10).

Na representação, entre as supostas irregularidades apontadas estavam a não observância do percentual mínimo de 2% das vagas para portadores de deficiência, ausência de indicação bibliográfica no edital, bem como ausência de valores individuais de cada questão ou a descrição sumária das atividades dos cargos previstos.

O concurso terá as provas aplicadas no próximo domingo (13).

Da redação

Foto: Ana Cláudia Jatahy

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email