Caso Flávio: Alejandro se apresenta à polícia

Alejandro Valeiko se apresenta à polícia no início da tarde desta segunda-feira (7) obedecendo a decisão da desembargadora Joana Meireles, expedida no último sábado, (5). A Justiça do Amazonas concedeu prisão domiciliar a Alejandro Valeiko por “questões humanitárias”.

No documento, a desembargadora suspende a prisão temporária até que Alejandro “passe por perícia judicial para atestar a imputabilidade dele, devendo o mesmo permanecer em prisão domiciliar nos termos dos artigos 317 e 318 do Código de Processo Penal por
questões humanitárias e excepcionais”.

Alejandro chegou a ser considerado foragido pela Polícia Civil e é acusado de envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues, encontrado morto na última segunda-feira (30) após participar de uma festa na casa de Alejandro, filho da primeira-dama de Manaus Elisabeth Valeiko. e enteado do prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB).

De acordo com o advogado Marco Aurélio Choy, Alejando já havia prestado depoimento e afirmou que o seu cliente é o maior interessado em esclarecer os fatos.

Sem citar em que local Alejandro estava, Choy disse ainda que acusado estava em tratamento médico. “Se colocou à disposição da polícia e é o maior interessado em esclarecer os fatos. Ele não sumiu. Ele estava em tratamento de saúde por conta do vício das drogas”, afirmou.

Da redação

Foto: Reprodução / TV Band Amazonas

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email