Pesquisa revela mais de 600 mil pessoas vivendo em situação de pobreza no Amazonas

O estudo das Organizações das Nações Unidas (ONU) por meio da Universidade Federal do Amazonas revela que no Amazonas, cerca de 653 mil pessoas vive em nível de extrema pobreza.

O número equivale a 16,3% % do total de habitantes do Estado é que de aproximadamente 4 milhões de pessoas.

Entre os municípios que apresentam o maior número de habitantes vivendo em condições abaixo da linha da pobreza estão: Maraã, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá e Itamarati, todos com mais de 50% da população em situação de extrema pobreza.

A meta brasileira estabelecida pela ONU recomenda uma redução de até 3% da população extremamente pobre até 2030. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Allan Viana
Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email