Ministério Público vai investigar gastos de verbas públicas pelos Bois-bumbás de Parintins

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) abre Inquérito Civil para apurar a regularidade de gastos das verbas públicas recebidas pelos bois-bumbás de Parintins, Garantido e Caprichoso.

A intenção é investigar a regularidade de gastos das verbas públicas recebidas pelas diretoria das associações. As respectivas portarias foram publicadas na Edição do Diário Oficial nessa segunda-feira (9).

O MP deu prazo de 10 dias a contar do recebimento dos ofícios para que Garantido e Caprichoso enviem as informações requeridas. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Igor Oliveira
Foto: Reprodução/Internet

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email