Pesquisa do Instituto Mamirauá investiga a caça ilegal de peixe-boi-amazônico

Os dados são coletados desde 2017 em reservas de desenvolvimento sustentável da região do Médio Solimões, na Amazônia Central.

O peixe-boi-amazônico é um mamífero aquático que existe apenas na bacia amazônica e chega a pesar até 450 quilos.

Caçada intensamente a partir dos anos de 1500, a espécie é considerada vulnerável à extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

A carne do peixe-boi de água doce ainda é apreciada e consumida em comunidades ribeirinhas da Amazônia.

Por isso, mesmo com a proibição de sua caça desde 1967 no Brasil, o consumo do animal por humanos ainda acontece em regiões da Amazônia afastadas dos grandes centros urbanos.

O estudo apontou que de janeiro de 2017 a abril de 2019 ocorreram 95 eventos de caça nas reservas de desenvolvimento sustentável Mamirauá e Amanã.

Da redação

Foto: Instituto Mamirauá

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email