Amazonas apresenta redução na taxa de desocupação, mas ainda está entre as maiores do país

A taxa de desocupação do estado do Amazonas reduz de 15,9% no primeiro trimestre de 2019 para 13,9% no segundo trimestre.

Isso significa uma queda de 2,0 pontos porcentuais, constatados pela PNAD Contínua, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE.

Com isso, o Amazonas ocupa a 9ª posição dentre as maiores taxas do país.  

Em relação ao número de pessoas ocupadas por grupamento de atividade, administração pública e serviços sociais foram os grupos que apresentaram o maior número de pessoas ocupadas.

As pessoas que trabalham na administração

pública, educação, saúde humana e serviços sociais apresentaram o maior rendimento médio de R$ 2.830 reais.

Os estados Bahia, Amapá e Pernambuco lideram com o maior número de desempregados.

Da redação

Foto: Reprodução

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email