Sindicatos vão recorrer da decisão judicial que proíbe novas paralisações de servidores estaduais

Os sindicatos vão recorrer da decisão judicial que proíbe novas paralisações de servidores estaduais, de acordo com o Movimento Unificado dos Servidores do Amazonas.

A medida ocorre após a Justiça do Amazonas considerar ilegal a deflagração de greve anunciada por representações sindicais.

Semana passada, o desembargador Délcio Luís Santos determinou que entidades abstenham-se de aderir movimento grevista sob pena de multa no valor de R$100 mil reais por dia, e desconto dos dias não trabalhados em razão de greve ou outro motivo relacionado à greve. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Alex Ferreira
Foto: Divulgação

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email