MPF faz operação contra invasões e crimes ambientais no município de Boca do Acre-AM

Integrantes da Força-Tarefa Amazônia do Ministério Público Federal (MPF) fazem operação no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Antimary, no município de Boca do Acre, interior do Amazonas.

Órgãos como ICMBio, IBAMA, Polícia Federal e Exército Brasileiro percorreram ramais clandestinos no Assentamento Agroextrativista no município.

O objetivo era registrar informações de invasões e crimes ambientais no local.

Em abril deste ano, o MPF já havia emitido recomendação alertando invasores atuantes na região de que, caso continuassem a impedir o acesso ou o exercício do direito de moradia e uso tradicional dos recursos da reserva, seriam processados criminalmente.

As ameaças e constrangimentos foram denunciados ao MPF por lideranças comunitárias em dezembro de 2018.

Eles relatam que castanhais situados ao longo dos Igarapés do Sossego, Extrema e Manithian, dentre outros, estão sendo invadidos por pessoas que se declaram proprietárias das áreas.

Da redação

Foto: Divulgação

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email