Zona Franca de Manaus pode ser substituída e medida divide opiniões no ramo empresarial

Empresários e economistas reagem ao Plano Dubai, que em estudo pode substituir a Zona Franca de Manaus quando encerrar o prazo vigente de prorrogação em 2073.

A medida do Plano prevê outras formas atrativas para empresas e não só o polo de duas rodas e eletroeletrônicos.

O Ministério da Economia diz que estuda meios para desenvolver atividades que asseguram a sustentabilidade da região no longo prazo, mas que o conjunto. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Gabrielle Moura

Foto: Reprodução/Internet

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email