Trabalho de acessibilidade para que Pessoas com Deficiência curtam o Festival Folclórico de Parintins

O trabalho de acessibilidade inclui a audiodescrição, a tradução em Língua Brasileira de Sinais – Libras e adaptações físicas para receber as Pessoas com Deficiência e acompanhantes que querem prestigiar a 54º edição do Festival Folclórico de Parintins.

No total,oito pessoas compõem a equipe que vai dar suporte para este público diferenciado. As Pessoas com Deficiência que desejam assistir ao festival no Camarote Acessível disponibilizado pela Secretaria de Estado de Cultura precisam fazer um pré-cadastro. Ouça o boletim na íntegra:

Reportagem: Cassandra Castro

Foto: Divulgação

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on print
Share on email